Resenha | Apocalipse Z - O Princípio do Fim


Hey guys?! 
Quem tem medo de Zumbis? Podem me chamar de louca mas eu adoro tudo relacionado a mortos vivos, hahaha e é por isso que a resenha do Eduardo Fossati me chamou muita atenção. Espero que gostem, assim como eu gostei, de Apocalipse Z! 
“Um blog, um advogado, um gato e uma impressionante história sobre zumbis.”
Apocalipse Z do escritor espanhol Manel Loureiro começou inicialmente como um blog escrito por um advogado de trinta e poucos anos que acompanhava a invasão de uma antiga base militar no Daguestão por um grupo de rebeldes. O blog foi uma experiência tão positiva que acabou se tornando um livro.
Curiosamente o personagem principal da trama não tem nome, ele nunca se apresenta e quando se apresenta a outras pessoas ele simplesmente diz o “seu nome” ou é interrompido. Mas detalhes a parte, sua história é contada através dos registros feitos em seu blog, o qual ele inicia como terapia após a morte da esposa. Inicialmente o blog conta fatos corriqueiros do seu dia e as noticias que lhe chamam atenção, e a partir daí temos o inicio do fim, pois a invasão da base militar no Daguestão é o ponto de partida para o fim da humanidade que conhecemos.
Nos primeiros momentos o advogado (como é chamado) relata as noticias sobre o ataque e como alguma espécie de vírus escapou iniciando uma pandemia que deixa o mundo em estado de alerta. Campos seguros, forças militares, controles de aeroportos, aos poucos o mundo vira um caos, principalmente quando medidas de extrema precaução quanto ao contato com os doentes são tomadas e ao poucos surgem relatos bizarros que estes mesmos infectados estariam voltando da morte.
Desconfiado das medidas de segurança e o perigo que representam as zonas seguras, o advogado e seu gato Lúculo resolvem que a casa é o lugar mais seguro. A medida que o livro avança e o mundo começa a morrer aos poucos o blog torna-se um diário, devido aos cortes de internet e energia elétrica.
Para mim um dos maiores destaques do livro é o fato de mostrar um lado humano maior que em outras séries, livros e HQ’s que existe uma matança indefinida de homens com nervos de aço que matam sem remorso. O advogado relata como é doloroso e inacreditável matar outro ser humano, por mais que já não seja mais uma pessoa consciente é algo horrível e inumano. Seu elo maior para não enlouquecer se estabelece com o gato Lúculo que o ajuda a manter a sanidade numa Espanha deserta onde o fim pode estar em qualquer esquina. Conforme o livro avança surgem outros sobreviventes, como o capitão de um navio e sua muito suspeita tripulação que viram da embarcação a morte de todos no porto e não apenas pelos zumbis, mas como o próprio capitão lembra, as pessoas esqueceram que ainda existiam as doenças, a fome e tudo mais, os zumbis são apenas mais um problema.
Tambem em sua jornada o advogado encontra a salvação em um ucraniano baixinho e bom de briga, Viktor Pritchenko, alem de piloto e ex militar do exercito ucraniano,  Pritchenko não é apenas a salvação por ser treinado para matar, mas pelo valor da amizade que surge entre os dois. 
O livro conta com boas doses de terror psicológico e a medida que avança as situações se tornam mais difíceis e as fugas mais alucinantes. Dosando ação, terror e um toque de humanidade, Manel Loureiro cria um livro único cheio de momentos intensos e que com certeza valem a pena serem lidos.

16 comentários:

  1. Patrick Oliveira12 de maio de 2012 20:09

    Tem continuação desse livro né?
    Muito boa a resenha cara meus parabéns. Vou procurar aonde comprar.
    Vlw

    ResponderExcluir
  2. Que legal a sua resenha!
    Gostei de conhecer o pouco sobre o livro e adorei a capa!

    ps: faço parceria com blogs também :)

    Beijinhos
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  3. Oi querida, vim retribuir sua visita, mas não achei o GFC, nem mesmo a barra pra curtir no facebook =/

    Quanto a sua resenha ...adorei, vc escreve bem e me deixou bem curiosa pra ler esse livro que eu ainda não tenho, vai pra minha listinha de compras .
    Beijos
    Viviane, do Razão e Resenhas.

    ResponderExcluir
  4. Oi Tainara!
    Gosto das suas resenhas,esta ficou ótima.A capa não chama muita a minha atenção,maas já o conteúdo é muito bom.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi de novo!
    Acabei de ver seu comentário lá no blog e é claro que faço parcerias com blogs tb.Seria um grande prazer me tornar parceira de um blogueira excelente como vc e um blog tão bacana como este.O único problema é que que faz as trocas de bunner é o Jonas e no momento ele anda meio ocupado,mas assim que der coloco o seu bunner lá e te aviso,por enquanto vou continuar te visitando todos os dias e quando não der eu compenso depois.Está bom assim para vc?Aguardo a sua decisão.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi!!
    Quantos livros de zumbi estão fazendo..rsrs

    Eles estão ganhando destaque na literatura!
    Vou conferir pois adorei sua resenha!

    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá! Olha eu retribuindo a visita! Já estou te seguindo e obrigada por ter me seguido tbm!

    ResponderExcluir
  8. Parece bom esse livro, cheio de mistérios :DD
    Bjos!
    amonailart.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa, que livro interessante e misterioso.
    Gostei, não conhecia.

    Adorei o blog.

    Bjos!
    Cida
    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha!
    Conheço o livro, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre ele.
    Confesso que fiquei curiosa e agora quero ler! haha

    Obrigada por seguir o Sook! Seguindo aqui também! ^^
    Aaaah tem 4 PROMOÇÕES ativas lá no blog. São 14 LIVROS + marcadores + e-books + livretos. Se ainda não estiver participando, confira lá depois.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Adorei o blog, muito lindo mesmo, amei tudo. Parabéns vou sempre estar por aqui.

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Boa noite,

    Não conhecia esse livro e pela a sua resenha me parece ser muito bom, estou seguindo o blog, tem post novo no blog, passa lá...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Tainara,

    Obrigada pela visita lá no blog e pelo carinho também.
    Eu não costumava ler nada sobre zumbis até comprar o livro Orgulho e Preconceito e Zumbis, que é o que estou lendo agora.
    Não sei se é pela história que eu amo, mas a versão zumbi não está decepcionando.

    Bjinhos

    ResponderExcluir
  14. Olá, querida! Passando pra conhecer o seu cantinho... Adorei, muito legal. Já to seguindo!
    Aproveito p te convidar a conhecer os meus blogs e participar do sorteio da linha reconstrutora Seda Keratinotolgy + óleo de argan Inoar. Será um prazer receber a sua visita.
    Bjinhos.
    Lu

    http://minhapaixaoporcabelos.blogspot.com.br/
    www.voudeblog.com

    ResponderExcluir
  15. Morro de medo de zumbis, criaturas supernaturais e tal, tenho muitos pesadelos, hauhauh meio idiota né? :/ enfim, minha série favorita é supernatural, e mesmo assim tenho medo, levando em conta que nem é exatamente terror, acho que não teria coragem de ler, mas seria um livro que presentearia meu namorado, ou minha amiga aiuahuhauah gostei da resenha ficou mt boa Tainara!

    beijos, @Karol_hearts
    http://queridos-pensamentos.blogspot.com.br /

    ResponderExcluir
  16. Muito legal adoro esse tipo de histórias. rs Já sigo flor algum tempo o blog. bjus http://anavidadeestilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Cultura e Donuts - 2015. Todos os direitos reservados.
Criado por: Tainara Rodrigues de Figueiredo.
Tecnologia do Blogger.